Sobre o que não era para ter sido

Ele pousou a mão sobre o ombro da moça.

Houve um momento longo de silêncio; houve a contemplação. Os olhares se cruzaram, azul contra castanho, certeza versus medo. Os corações batiam em uníssono, aquecidos por aquele momento de entrega inesperada.

Não souberam ao certo o que os moveu. Sabiam que havia algo na forma como acenavam um para o outro todos os dias e trocavam sorrisos pelos corredores sem nunca, entretanto, travarem uma conversa longa sobre qualquer coisa.

Sabiam nomes. Não sabiam mais nada. Apelidos, romances marcados, corações partidos e cicatrizes à flor da pele, desconheciam. Enxergavam-se mutuamente, e era vazio… embora fosse completo.

Ela apertou o ombro do rapazinho, quase como se temesse perdê-lo. E talvez o fizesse. Por outro lado, talvez não. Não o conhecia o suficiente para sentir falta de qualquer coisa além de seus passos ruidosos pelas escadas do prédio.

O jovem diante de si observava-a com um misto de encanto e tristeza. Tinha as faces molhadas pelo adeus inevitável e a boca trêmula pelas palavras não ditas. Pelas palavras que não serviam (posteriormente se pegaria pensando no que poderia ter dito e imaginando como poderia ter sido se).

Se.

– Eu espero que você volte – foi dito, de repente. Um sorriso e uma piscadela, seguidos por aquela vontade de falar a verdade, que morreu na garganta.

Afastaram-se sem mais.

Se.

Encararam-se na distância, as mãos erguidas, os dentes à mostra. Partiram, cada qual para seu lado, as vozes entrelaçadas no sonho.

Os sonhos entrelaçados, talvez noutra vida.

Se.

Anúncios

6 thoughts on “Sobre o que não era para ter sido”

  1. “Se” é algo que faz muito parte da minha vida. Se eu tivesse dito, se eu tivesse agido dessa forma (ou da outra). “Se” atrapalha demais a minha vida a vida de todo mundo, acredito.
    Ótimo texto, Sun linda, como sempre, nem preciso mais dizer. (mentira, é sempre bom afirmar e reafirmar :3)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s