What Sarah Said

Então, minha pequena, como é que você está? De fato respondi a pergunta algumas vezes, mas todas todas ah deus todas as minhas falas foram mentirosas. Eu disse não relaxa que isso, tá tudo bem, você sabe volta e meia dá essa dor desgraçada no peito, mas ela passa. Eu disse também não, que isso, por que fez essa pergunta, eu tô ótima ótima perfeita não vê esse brilho nos meus olhos enormes? Eu tenho certeza de que devo ter falado vezenquando que não não muito feliz mas ainda um pouco feliz e eu menti, cara, eu menti pra caramba. Eu devia ter vergonha de mentir – Sarah disse uma vez que mentir era muito feio, mas você não pode me culpar. Nunca fiz Sarah orgulhosa de nada, por que seria diferente dessa vez? Eu estou ciente de tudo o que eu digo e faço mesmo que as pessoas achem que eu não consigo sequer dar rumo à minha própria vida porque, cara, eu sou completamente errada – eu já ouvi isso antes, sei lá, um quinquilhão quatrocentas e cinqüenta e três mil vezes. Tudo errado nessa minha trajetória, tudo errado em mim antes e depois e depois e daqui em diante agora e sempre porque, convenhamos, por que seria diferente? Eu disse não, o que, que que é isso companheiro, descansa, bota os pés pro alto aí e vamos falar do mundo do tempo de política de voto de medo de tudo de tudo dessa dor de ser e não ser porra nenhuma ao mesmo tempo. Eu mudei de assunto, sei lá em quantas situações diferentes, porque eu não queria dizer o óbvio, cara. Eu tô bem. Tô bem de verdade. O único problema é a vida me matando. Mas fora isso, cara, eu juro que tá tudo bem.

Anúncios

6 thoughts on “What Sarah Said”

  1. Gostei. Acho que vale pensar o que é certo e errado, o vazio e o completo. Porque que a vida mata a gente sabe desde sempre, embora entenda cada vez menos. Resta pensar qual dos opostos mata mais rápido e se há vontade de morrer mais devagar.
    Não sei, acho que estou divagando. Enfim, gostei do texto, sempre gosto. (Gostei de todos do blog, por sinal. Sempre muito lindos.)

    Beijos

  2. Eu amei, de verdade, o efeito dessa falta proposital de pontuação. O efeito foi delicioso. Confusão com uma leitura rápida. E o texto em si, Sunnie… posso abrir meu coração? Poucos foram os textos que me identifiquei tanto. Esse entrou na lista, sem pensar muito. É estranho, um choque, ver um texto que diz simplesmente TUDO, que é você INTEIRO, de ponta a ponta. Principalmente quando é “simples” (entre aspas porque chamar um texto seu de simples chega a ser um atentado contra a nação). Enfim, Sunnie, tô abismada ainda então, pra finalizar, digo que o texto tá perfeito, um dos seus melhores e ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s