Amante que eu não amo

Então você me beija e eu fecho os olhos porque não é o seu rosto que eu quero ver. E você pensa que eu estou gostando e talvez eu até esteja, mas não é você que eu sinto em minha pele. Eu sei que isso é errado; eu não estou tentando te convencer do contrário, mas eu gostaria que você entendesse. Aí você chama o meu nome e eu tenho vontade de cravar minhas unhas em sua fronte, porque eu não quero ouvir. Você não sabe quem eu sou. Você vê o que eu quero que você veja. E eu não queria que você o fizesse, mas é preciso. Essa é a única maneira de eu permitir que você me tenha. E essa é a única maneira através da qual eu posso ter você ou qualquer um dos que virão depois. Eu sinto seus dedos em meu cabelo, eu sinto as suas unhas roçando em minha nuca. Você é delicado, mas eu não sou uma mulher de delicadezas. Eu sou a garota dos lábios rachados, das unhas descascadas, do cigarro na mão, você lembra disso? Eu sou a garota que só é garota quando convém. Eu quero ser sua garota, mas não serei sua. Você diz que se importa, mas eu não me importo o suficiente comigo mesma para me sentir lisonjeada. Você me obedece e eu sinto suas unhas nos meus braços. Dói, mas eu quero que doa. Só assim eu sei que é real. Só assim. Eu sorrio de canto, porque é bem como eu gosto: eu estou no comando. Eu sei aonde eu vou. Eu sei o que vai acontecer no dia seguinte. Eu vou sair pela porta dos fundos com os sapatos nas mãos e deixar um número errado pregado na geladeira. E vai ficar tudo bem. E eu verei suas marcas no meu corpo, feliz por saber que é só isso. Você nunca vai tocar o que você não vê. Você nunca vai ver o que já foi tocado e, de tão destruído que ficou, não se permite tocar de novo. Então você puxa o meu cabelo e machuca e eu adoro isso, mas eu quero chorar. E eu não vou. Eu sou crescidinha (e eu quero que você acredite nisso, para que eu possa acreditar também), vê? Eu sou a sua garota. Então eu abro os meus olhos e eu não te vejo quando você me olha. E eu rio e você me beija de novo e tudo fica escuro.

Anúncios

7 thoughts on “Amante que eu não amo”

  1. OIOIOI, QUANTO TEMPO LONGE DAQUI ;____; Tempo pra babar nos textos da Sunnie kd, onde compra.

    Se iludir sempre é boa uma alternativa, de vez em quando 😐 O problema é quando você começa a viver na ilusão o tempo todo.
    “Você não sabe quem eu sou. Você vê o que eu quero que você veja.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s