E eu penso no doutor saindo do quarto e estalando as luvas e aquele bafafá todo na sala de espera e gente chorando por conveniência e alguém perguntando e aí, meu Deus, o que foi que aconteceu e o doutor suspirando e dizendo morreu, gente, morreu, já era e quando perguntarem a causa mortis eu espero que ele vire e diga que foi cafeína demais, amor demais, entrega demais, velocidade demais e que foi tanto em tão pouco tempo que não houve espaço para uma vida arrastada.

Anúncios

10 thoughts on “”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s