Havia o silêncio e suas mãos próximas e quentes. Havia em mim uma calma quase estrangeira, um êxtase quase irreal.

Você me afagou os nós dos dedos; eu babei minhas mágoas como quem falava de algo muito simples ou muito bom. Eu não sofri te contando nada. Isso era no mínimo estranho. Mas era gostoso.

Vai ficar tudo bem, você me falou baixinho e assoprou uns fios para longe da minha cara amassada. Vai ficar tudo bem e você vai rir para mim amanhã como se nada jamais tivesse te afligido tanto.

E eu me encostei no seu peito e você me beijou a testa. E eu estava feia e meio decadente, mas você não me repeliu. E eu tinha cheiro de fumaça de carro e cigarro, mas você se apertou contra o meu corpo, ainda assim. E o mundo acabou em você quando eu fechei os meus olhos.

Anúncios

4 thoughts on “”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s