Declaração torta

Tapa na cara, areia nos olhos, tanto bate que faz estrago. Mordida na boca, virada de olhos, tanto grita que ensurdece. E me basta esse incômodo, essa imensidão, esse mar que me engole e me engasga e me mata afogada depois de tanto tentar. E me basta esse amargo que não sai nem com pasta de dente.

Eu te amo por falta de amor a mim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s