Hands down

Para quem eu não pude consertar.

http://www.youtube.com/watch?v=b92EKemUA4A

Victor. Quarenta e poucos, quase cinqüenta, ele nunca me disse bem. Victor, de barba perfeitamente aparada e com os cabelos (levemente grisalhos, mas ainda bastante dourados) arrumados de forma a valorizar os traços fortes, o maxilar anguloso, as bochechas levemente saltadas. Victor e os ternos monótonos, as gravatas sóbrias, os sapatos de bico quadrado. As malditas blusas ridiculamente bem passadas, o relógio pendurado no cinto, o cheiro de pecado que podia ser sentido à distância. Victor e os olhos que sondavam, comiam, perturbavam. Quantas noites, Victor, pensando nesses olhos, enroscado nos lençóis molhados, sentindo a sua presença no sofá próximo à cama, ouvindo sua voz rouca de dentro dos baús, tendo a impressão de que eram os seus dedos (e não os meus) puxando os meus cabelos? Quantas noites esperando você voltar do inferno direto para os meus braços, direto para os meus beijos, para me perfurar os tímpanos com a sua língua áspera e as monstruosidades que pulavam dela?

(A saudade das suas mãos enormes contra a minha garganta me dói tanto quanto a minha vergonha de nunca ter conseguido dizer não).

Você me via por dentro e me agarrava as entranhas com as unhas. Quantas noites, Victor, tentando enganar a minha fome de você com molecotes, esquina depois de esquina, fingindo ver homens no lugar de meninos de barba rala, esperando um toque mais firme, uma boca cruel, meia dúzia de impropérios, o diabo que fosse. Esperando o seu olhar frio, que me reprovava inteiro, que me fatiava a cada piscadela, que me atirava fogo nos ossos todos. Esperando o estalo dos seus dedos para que eu voltasse, apoiado em quatro bases, pedindo para que você me roubasse o ar e o controle e qualquer fagulha de consciência.

(Saudade do seu gosto refinado para tudo; saudade de me sentir digno do seu paladar)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s