Dos demônios dele

Ele me assusta. De um jeito que antigamente parecia bom, atraente, mas hoje não é. Ele tem olhos que vagam pela sala e se fixam num objeto ou pessoa qualquer e o/a despem, maceram, violentam, estripam. Não há nada que escape da frieza clínica daquelas pupilas – nada que passe pelo crivo tão refinado, tão inalcançável, tão… cruel. Cruel, veja, parece ser a palavra certa. Existe certo prazer na forma como ele articula vocábulos abarrotados de pequenos significados, cuidadosamente apertados em letrinhas e mascarados de fineza… e vomita-os nos rostos despreparados ao redor. Há alguma espécie de obsessão pela miudeza alheia, uma ânsia não-explicável de ver morrer, de matar aos pouquinhos. Não sei bem de onde vem isso, mas só exponho assim: me dá medo. Por que tanta dor nesse rosto que não tem tantos anos assim, moço? Por que tanta repulsa por tudo aquilo que é externo a você? Liberta seu peito das mágoas. Quão bonita pode ser a vida com um pouco mais de leveza. Não te custa tanto deixar cair o escudo. Não te maltrata o espírito abandonar a espada. Não veja tudo como um campo de batalha. Às vezes se perde demais à toa (e veja bem: nem tudo se recupera, nem tudo volta a ser).
(Ele me assusta porque parece que carrega um demônio no ombro direito – anda meio torto até, o rapaz. Diz que foi acidente. Eu já penso em vias mais espirituais, mas não digo nada. Rezo quando me dá as costas. Crux Sacra Sit Mihi Lux. Non Draco Sit Mihi Dux. E eu me armo sem perceber, já acostumada com meus próprios dragões e incapaz de ajudá-lo a vencer os dele.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s